Ana Carolina - O avesso dos ponteiros

Upraviť pieseň
Interpret: Ana Carolina


Ana Carolina - O avesso dos ponteiros (text piesne)



Sempre chega a hora da solidão
Sempre chega a hora de arrumar o armário
Sempre chega a hora do poeta a plêiade
Sempre chega a hora em que o camelo tem sede
O tempo passa e engraxa a gastura do sapato
Na pressa a gente não nota que a lua muda de formato
Pessoas passam por mim pra pegar o metrô
Confundo a vida ser um longa-metragem
O diretor segue seu destino de cortar as cenas
E o velho vai ficando fraco esvaziando os frascos
E já não vai mais ao cinema

Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
Tudo passa e eu ainda ando pensando em você

Penso quando você partiu assim sem olhar pra trás
Como um navio que vai ao longe e já nem se lembra do cais
Os carros na minha frente vão indo e eu nunca sei pra onde
Será que é lá que você se esconde?

Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
Tudo passa e eu ainda ando pensando em você

A idade aponta na falha dos cabelos
Outro mês aponta na folha do calendário
As senhoras vão trocando o vestuário
As meninas viram a página do diário
O tempo faz tudo valer a pena
E nem o erro é desperdício
Tudo cresce e o início
Deixa de ser início
E vai chegando ao meio
Aí começo a pensar que nada tem fim
Que nada tem fim


Ďalšie piesne z albumu

Encostar na tua

Ana Carolina

Uma louca tempestade

Ana Carolina

Pra rua me levar

Ana Carolina

Nua

Ana Carolina

Garganta

Ana Carolina

Tô saindo

Ana Carolina

Quem de nós dois

Ana Carolina

Ela é bamba

Ana Carolina

Confesso

Ana Carolina

Elevador

Ana Carolina

Nada pra mim

Ana Carolina

Que se danem os nós

Ana Carolina

Beatriz

Ana Carolina

Novinky v katalógu

Najpopulárnejšie piesne interpreta

O avesso dos ponteiros

Ana Carolina

É mágoa

Ana Carolina

O Cristo de Madeira

Ana Carolina

Confesso

Ana Carolina

Quem de nós dois

Ana Carolina

Encostar na tua

Ana Carolina

Ela é bamba

Ana Carolina

Nua

Ana Carolina

Vestido estampado

Ana Carolina

Najčítanejšie